logo

Ferramentas de Penetração do Solo

Seleção Correta

Existe uma infinidade de FPS disponível para cada tipo de equipamento e suas características de trabalho. Para a escolha correta, é preciso levar em consideração aspectos como o sistema operacional do equipamento, bem como sua potência e capacidade, a forma geométrica da peça, a qualidade do aço empregado, além do ângulo e velocidade de ataque da caçamba.

Conhecer o tipo de material e solo também é preponderante. Nesse caso, é preciso considerar a abrasividade, dureza, grau de impacto da caçamba no solo, além da fluidez, escoamento e peso específico. Nas operações com rocha e minerais, deve ser levada em conta a penetração e força de desagregação.

Pás-carregadeiras

A utilização das FPS requer atenção diferenciada entre tipos diferentes de equipamentos e seus respectivos modelos. As carregadeiras, por exemplo, trabalham com impacto baixo e médio, com alta interferência abrasiva, que pode ser percebida quando a caçamba raspa no chão para carregar o material. Nesse caso, a FPS precisa de reforço na parte inferior, assim o aumento da sua espessura vai aumentar sua vida útil.

Ao longo do processo de desgaste, a FPS precisa manter bom grau de afiamento, realizando as operações de desagregar e carregar com menos esforço e proporcionando mais economia à operação.

Escavadeiras

Por serem submetidas a diferenciados tipos de trabalho, as escavadeiras são os equipamentos com maior diversidade de pontas e ferramentas. Elas realizam operações altamente abrasivas, de médio a alto impacto, que requerem força potente de penetração e desagregação do material.

As FPS mais utilizadas nas escavadeiras são as pontas para serviços gerais, que possuem boa penetração e resistência ao impacto em serviço leves, mas com durabilidade menor devido ao tipo de material a ser trabalhado. Para operações com rochas ou minérios pesados, são recomendadas pontas reforçadas com boa penetração, resistência ao impacto e estrutura robusta.

Já as pontas longas ou afiadas contam com elevado poder de desagregação em rochas e minerais, além de bom desempenho em solo argiloso. Elas possibilitam ciclos de trabalho mais rápidos, economia de combustível e redução de paradas para manutenção, porque seu uso reduz o esforço da lança e do sistema hidráulico.

O momento correto de trocar uma FPS é quando ela perde o poder de penetração ou, literalmente, não tem mais constituição de material. Isso pode acontecer nos casos em que não é feita a melhor escolha da FPS para o equipamento. A ponta pode ficar rombuda e dispor de mais de ¾ da vida útil, contudo não proporciona eficiência à máquina e precisa ser substituída para não causar prejuízos.

A troca das pontas pode ser feita em campo ou nas garagens. A instalação é simples, realizada através de pinos e travas. Já a troca dos suportes e da base requer um serviço de solda, nesses casos a substituição é um pouco mais demorada, já que necessitará de profissional capacitado e equipamento de solda, o que na maioria das vezes não dá pra ser feito em campo.